Sobre desigualdade

Marcos Citeli2

Professor Marcos Citeli

Nos últimos meses assistimos a intensos debates políticos no país, motivados pela crise econômica que mexeu no bolso da maioria dos brasileiros.

Dentre os muitos temas tratados, é recorrente ouvirmos falar do problema da desigualdade. Chama a atenção o fato de que, para a maioria das pessoas, quanto menor a desigualdade, melhor a situação geral. Acontece algo semelhante no tocante à discriminação, palavra que sempre aparece com uma conotação negativa, quando o mais correto seria matizar entre discriminação justa e injusta. Por exemplo, seria uma discriminação injusta rejeitar uma contratação para motorista de ônibus simplesmente por causa da cor de pele da pessoa, e seria uma discriminação justa recusar porque o candidato simplesmente não tem a habilitação correta exigida para este tipo de veículo.

Na mesma linha de raciocínio vem muito a calhar a distinção entre redução da desigualdade benigna e maligna feita pelo economista Branko Milanovic no livro Global Inequality, a New Approach for the Age of Globalization. Redução maligna seria por exemplo a provocada por uma epidemia, que, ao reduzir a população e consequentemente a mão de obra disponível, aumenta a renda diminuindo a desigualdade. Redução benigna seria aquela provocada, por exemplo, pela melhora na qualidade da educação da população.
Uma outra maneira de matizar o tema da desigualdade é pensar que comparações entre países pode ser muito enganadora. Países ricos podem ter desigualdade maior, mas no geral a população está numa situação econômico-financeira melhor do que a de países com baixa desigualdade, mas com todos muito pobres. Resumindo, cuidado quando ouvir a promessa de melhorar as condições de vida simplesmente acabando com a desigualdade, pois uma maneira de diminuir a desigualdade é empobrecer a todos ao mesmo tempo. Tendo em conta estas ideias podemos fazer uma discriminação justa entre as possíveis maneiras de reduzir as desigualdades.

Marcos Citeli é professor do Departamento de Contabilidade do ISE Business School

Contato
  • +55 (11) 3177-8200
  • Rua Martiniano de Carvalho, 573
  • Bela Vista - São Paulo - SP
  • contato@ise.org.br